segunda-feira, 18 de março de 2019

Amor?






De repente no seu: fui... 
Meu calar virou mar 
na cachoeira do seu olhar 
 A doçuras de músicas em cada gota de mim... 
 cantando imensidões de sal
no que apenas parece tão pequeno 
nas letras que você escreve em meu coração. 
Amor? 
Segura seu laço em nó de perfeição 
esse pulso meu que vibra vida 
 força de raiz em mim 
através (ainda) da sua mão. 




Ronilda David/Loubah Sofia- Alma feita de ti


Art. 188º - CC: 
“Não constituem atos ilícitos:
 I - os praticados em legítima defesa ou no 
exercício regular de um direito reconhecido”



terça-feira, 5 de março de 2019

Muitas vezes chorar é coisa de Heróis


Aprendi e aprendo nessa minha caminhada solitária,que mostrar nosso calcanhar de Aquiles a uma sociedade que já se sabe de antemão que vai arrancar nosso couro, é mesmo coisa pra valentes.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Sobrenaturalidade do não querer saber



Viu distante uma luz reluzindo entre riscos retos,ziguezagueando entre seus cílios cansados, tentou fazer de conta que era um sorvete de casquinha,pedindo socorro ou apenas lhe fazendo gracinhas de estivadores brincalhões.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

As futilidades dos egos


Lamentar só leva de fato as prisões piores possíveis.
Algumas pessoas ponderam que lamentar é pensar, fazer uma regressão para catalisar uma mente conturbada,mas no meu ponto de vista isso é um ledo engano.

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Agradeço sua assinatura, para acompanhar meu feed

Minha Página no Facebook